Revista Grid

Blog

29 de Abril de 1994: O dia que iniciava um final de semana sombrio

Compartilhe

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Email

O Grande Prêmio de San Marino de 1994, realizado em Ímola, na Itália, ficou marcado para sempre como um dos fins de semana mais trágicos da história da Fórmula 1. Um fim de semana que teve como ponto alto o terrível acidente fatal de Ayrton Senna, no dia 1º de maio. Mas antes da tragédia que abalou o mundo do automobilismo, outro acidente grave já havia ocorrido na pista, prenunciando os dias sombrios que se seguiriam.

Na sexta-feira, dia 29 de abril, durante o treino livre, o piloto brasileiro Rubens Barrichello, então com 21 anos e em sua segunda temporada na F1, perdeu o controle de sua Jordan 194 na Variante Bassa. O carro bateu nos pneus de proteção a uma altíssima velocidade, lançando detritos e peças pelo ar.

WhatsApp Image 2024 04 29 at 19.53.07

No dia seguinte, no sábado, 30 de abril, Roland Ratzenberger perderia a vida em um acidente durante a sessão de qualificação. E, no domingo, 1º de maio, o mundo assistiria com horror ao trágico acidente fatal de Ayrton Senna, que se chocou contra uma parede de concreto na curva Tamburello.

Um fim de semana que teve como consequência a morte de dois pilotos: Um talentoso em crescimento e o outro uma lenda do esporte.
Aquele final de semana transformou a F1, trazendo revisões profundas de medidas de segurança nos carros e no evento como um todo.

O que você procura?

Notícias anteriores

Categorias

Categorias

Tags

Segue a gente